sexta-feira, 30 de maio de 2014

Adeus de um ninguém...


Sabe.. Eu estou indo embora.
Já fiquei por tempo demais.

Eu já fiquei muito aqui.
Sentada, parada.

Já chorei, briguei, solucei.

Já adoeci e me acidentei.
Já me enrolei na vida.

Me perdi em mim, em você, em tudo.

Desfiz compromissos, desfiz agendas, troquei horários.
Mudei minha vida.

Eu me magoei.
Me machuquei muito.
Me doeu tanto...


Não sei o que é que acontece...
Mas parece que pra nenhum de nós dois nunca é o suficiente.

Vc reclama de mim.
Eu de você.
Estamos nos matando.
Infelizmente...

Parece que vou me rasgar por dentro.
Minhas entranhas estão se contorcendo de tanta dor.
Meus olhos ardem de tanto chorar.

E já chorei muito.

Sinto que devo ir...
Lhe deixar...
Me deixar...
Nos deixar...

Eu estou sem forças para lutar...
Precisava das suas...
Mas vc também parece que cansou...


Que triste pra nós...

Eu queria muito ficar.
Eu queria muito já estar...
Eu queria muito já ser...

Mas eu não sou nada.
Então eu vou... 
Tô indo ser nada longe de você, sem me lembrar todo dia que nada sou.

Você sabe onde me achar;
Quando puder, se quiser.



quarta-feira, 28 de maio de 2014

E essa é a outra parte....

No início foi só uma aventura...
Ela jamais imaginou que fosse se envolver desse jeito.
Mas, quando viu já estava enrolada dos pés à cabeça...
Enredada em sua teia...

Uma teia, sim.. Só que; aveludada, macia, quentinha.
E ela não quer mais sair...
Com você ela se sente protegida, cuidada, amada, segura!

Seu amor lhe tira o chão e faz a terra tremer...

Perto de você ela pode ser quem é de verdade.
Junto a você ela se sente mais livre, não tem medo, não tem falso pudor...
Com você, ela pode viver plenamente o amor.
Acreditar de novo...
Sonhar de novo...

Aquela que os outros aplaudem; só você tem em seus braços.
Mas também só você vê as lágrimas...
Só a você é permitido ver por entre os sorrisos largos distribuídos a todos.
Você ouve as tristezas, você sabe como ela realmente é.
Só você conhece as fraquezas e também o lado ruim...

Você tem acesso aos segredos daquele coração.
Porque com você ela se preocupa em ser quem ela realmente é.
Com você ela não precisa fingir...
Não precisa das convenções sociais...
Pode dizer o que realmente pensa...
E ser sincera quanto ao que gosta ou não...

Quando você chegou, trouxe de novo uma esperança...
Quando entrou em sua vida, ela começou a viver uma história diferent
Dessas que todo mundo procura a vida inteira... 
E que é um milagre quando acontece!
Porque é muito raro...

E sabe o que ela sempre diz por aí?
"Nós nos entendemos....
É só encostar e pronto.
Nós podemos conversar sobre tudo...
Nós conseguimos rir um do outro e com o outro...
Partilhamos ideais...
Sonhamos juntos sobre o futuro..
Não temos receio de falar sobre o que gostamos ou não...
Nós realmente nos entendemos..."

É!! Isso é mesmo raro!
E ela tem certeza de que isso é amor.
Por isso ela não quer ir embora...
Por isso, ela fica!
Por isso, ela espera!



Uma parte dessa história é assim...

E eu percebi que do jeito que eu queria não dava pra ser.
De que adiantava lhe obrigar? Implorar... Exigir...

Ah.... Se você tivesse resolvido tudo isso antes...
Seria a prova perfeita de amor...

Mas agora?
Já não tem mais o mesmo peso.
Já não tem o mesmo valor.

Teria que ter acontecido..
Teria que ter sido expontâneo...
Seria tão bonito!

Agora????
Só porque estou pedindo? Ou ameaçando lhe deixar?
Então... andei pensando que não quero que faça nada. 
Faria pelo medo de me perder?
Assim não seria pelo amor.
Se bem que sei que vc, como sempre, não vai fazer nada...
Está no seu tempo, analisando, planejando, pensando, resolvendo.. Com calma....


Eu me pergunto todos os dias como fui me meter nisso...

Na verdade, eu sei: É que no início foi só uma aventura...
Eu jamais imaginei que fosse me envolver desse jeito.
Mas, quando vi já estava enrolada dos pés à cabeça...
Enredada em sua teia...

E não consigo sair...

Queria muito... Mas é mais forte que eu.

Aí fico aqui parada... Esperando....

Que situação!
Se eu visse de fora, diria: Humilhante, degradante...

Perto de você não sou nem de longe o que sou de verdade.
Perco o chão, perco a força, perco o valor, perco minha identidade.

Aquela que os outros aplaudem; você domina, castra, mina, subjuga.
Você me tira as forças.
Mas eu fico... Continuo ficando... Esperando....










domingo, 25 de maio de 2014

Sobre ultimatos...

E mais uma vez eu pedi que resolvesse tudo.
Um ultimato! 
Como aqueles que chegam pelo mão do oficial e nos obrigam a comparecer frente ao juiz.

Mas, os meus ultimatos há muito perderam o valor!
Esse de hoje é, na verdade, só mais um!
Dado o histórico de cancelamento dos ultimatos, niguém os levaria a sério! 
Assim como você!

Também de que valem ultimatos que se desmontam com um sorriso seu?
Houve uma vez que suspendi o ultimato por causa de uma mensagem provocante!
E aquela outra em que você me apareceu com uma criança nos braços e eu derreti.
E a que você disse belas palavras e eu cedi.
E também houve aquela vez que...
E mais uma e outra e mais outra...

Enfim: meus ultimatos são um fracasso!

Mas dessa vez não, hem!? 
Não me venha com sorrisos, belas palavras ou presentes.

Dessa vez falo sério, viu!?

As: Sal, que está falando sério!!! (Será????)

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Simplesmente não entendo...




Eu queria muito entender o que se passa na sua mente....Mas não entendo. 
E eu juro: tô tentando.

O que você está fazendo?
Onde você quer chegar?

Já parou pra pensar onde tudo isso vai dar?

Você já deveria ter resolvido tudo isso.
Já passou da hora de tomar uma postura diferente.
Já passou da hora de agir.
Já passou da hora de resolver.

Eu fico remoendo aqui em meus pensamentos essa história toda e tento entender.
Sério!!!! Eu tento.
Mas tá difícil...

Eu queria muito compreender o que você está sentindo...
O que anda pensando...
O que planeja fazer...

Sabe... Em questões de decisões e mudanças eu funciono tão diferente de você...
Deve ser por isso que me é tão custoso lhe entender.

Mas, eu juro que tenho me esforçado.... 
Eu só não compreendo.... Não mesmo...

Será que um dia eu vou entender?
E... Por quanto tempo ainda eu vou continuar esperando mesmo sem entender?

Ass: Sal

terça-feira, 20 de maio de 2014

De boa...

Ando meio estranha...
Nem feliz, nem triste...
Só estranha. Diferente: Meio morna.

Nunca gostei de gente assim; morna. 
Gente sem afã, sem paixão, sem loucura!
Gente que parece que tanto fez, tanto faz...
Mas, tô assim!




Será a idade?
Xi!!! Será que envelheci???
Sei não!

De qualquer maneira; tenho percebido que hoje não desgosto dessa mornidão.
Na verdade, parece que tô até gostando!


Sinto mais calma na alma, mais tranqüilidade nos passos, mais demora no falar.
Isso é bom! Menos chance de errar.

Parece que cheguei naquela fase em que não faz sentido correr mais.
Uma fase em que as urgências mudam... 
Menos vontade de provar coisas pra mim, pros outros, pro mundo!
Sem aquele desespero de ter, querer e fazer tudo; aqui, hoje, agora...

Eu tô de boa! Tranquiiiiila...

Eu arriscaria dizer que essa talvez seja a fase que todos querem chegar...
Mesmo quem disser que não... O que procura, no fundo, é esse tipo de mornidão; essa paz. 
É um saudável acomodar-se... Encontrar seu lugar... É se achar!

É viver como diz a música: "Não se afobe, não; que nada é pra já!"



Ass: Sal, que não tá estranha; só diferente! E muuuuuuito melhor!


O que eu desejo pra vc!

Como você pôde?
Entrar na minha vida, bagunçar tudo e sair assim...

Ninguém deveria fazer isso: despertar o amor do outro sem ter a intenção de corresponder!
Que maldade!
Eu nem queria... Mas assumo minha responsabilidade: Depois eu quis!

E eu sempre soube que você não conseguiria.
Eu sempre soube.. Mas me deixei enganar!

Não! Eu não sou tola ou burra; embora minha mente insista em me acusar!
Eu sou corajosa! 
Eu tive medo no início; mas depois, não mais!
E...
Sabe o quê mais????
Eu sou forte!
Eu vou sobreviver!

Mas saiba que tem gente que se mata por isso!
Você agiu mal!
Você foi um grandissíssimo filho da...
Você foi covarde!
E...
Você, conseguiu com isso tudo, magoar duas pessoas! 
Você sabe que sim!


Ainda não consigo dizê-lo do fundo do coração; mas depois eu direi: Desejo que você seja feliz!
Mas agora, por conta da mágoa que ainda me consome, eu desejo que você me veja daqui a alguns dias muuuuuiito feliz!
Linda, leve e solta! Como sempre!
E você vai perceber a burrada que fez!
E o tudo que perdeu! :)


Porque eu vou ser feliz sempre; com você ou sem!
Mas você... Vai sempre carregar essa culpa: foi covarde!
E eu desejo que você carregue sim essa culpa! 
Porque ninguém que age como você merece dormir tranquilo!
Portanto.. Que você acorde à noite e sinta saudade...
Que você olhe para o que tem e se arrependa seeeeempre, todos os dias.... pra todo o sempre!