quinta-feira, 10 de junho de 2010

Santidade Sim! Ritualismos vazios, Não!

O que é ser santo? O que define santidade?
Etmologicamente santo é separado. Em algumas religiões pessoas reconhecidas por virtudes especiais podem receber oficialmente o título de Santo. No protestantismo, onde não há nenhum processo de canonização, a palavra define mais genericamente qualquer pessoa que é cristã.

É no meio cristão, é engraçado como algumas pessoas se julgam mais santas do que outras. Rotulam, condenam, criticam o irmão...acreditando que certos bons comportamentos lhes garantem a entrada no céu.

Frequentar as reuniões da igreja pra cumprir tabela é perder tempo. é o famoso "pra inglês ver". E é por essa mentalidade que o antigo crescimento dos cristãos se perdeu, virando inchaço e adesão em muitos casos.
Por causa disso também, um sem número de igrejas promove todo tipo de atividades que nada têm a ver com a adoração verdadeira e genuína a Deus ou com a santidade que Deus tem em mente quando nos pede que sejamos santos porque Ele é santo.

É por esse pensamento e outros do tipo que muitos cristãos estão vivendo um Evangelho pesado, sem vitalidade, sem alegria, cheios de obrigações e de medo do inferno.

Sinceramente não consigo ver celebração da fé em muitas das faces cristãs. Parece que alguns dos meus irmãos estão oprimidos, sentindo-se pressionados por um padrão de santidade que me parece mais humano que divino.

É fácil ser santo no recôndito das quatro paredes eclesiásticas, durante um culto de celebração onde todos levantam as mãos aos céus, cantam e oram.  Difícil é viver o Evangelho sem os vícios da religião. O Evangelho que não precisa da muleta dos rituais pra sobreviver.

Ser santo é separar-se pra Deus diariamente. É saber que toda a sua vida está com Ele e nELe.
Viver em santidade é saber que se sua vida está nEle; vc não precisa se preocupar em mostrar-se justo, limpo, bom, "santinho", religiosamente correto. 

Você não precisa fazer força pra que a santidade esteja em você. Estar em Cristo implica em santidade, porque a santidade em nossa vida é produzida por Ele; por sua presença.

!!!Ai que preguiça dessa busca louca pela "santidade"...!!!




Ass: Sal, em busca do cristianismo real, aquele do dia-a-dia, de carne e osso.. sem ritualismos embrenhados de paganismo histórico.

4 comentários:

Jorge disse...

Você compreendeu muito bem a essência da vida cristã. Compartilhe!

Viih Souxa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Sal disse...

Oi Viih Souza! Obrigada por compartilhar seu coração aqui. As pessoas nos machucam sim, mesmo dentro da igreja. Mas o consolo é que Deus nos ama. O evangelho aponta pra Ele, mas nos chama a vivenciar a nossa fé no "Uns aos outros"; no coletivo! Espero q vc encontre um equilíbrio e possa exercer sua fé coletivamente!! Abços

Sal disse...

Oi Viih Souza! Obrigada por compartilhar seu coração aqui. As pessoas nos machucam sim, mesmo dentro da igreja. Mas o consolo é que Deus nos ama. O evangelho aponta pra Ele, mas nos chama a vivenciar a nossa fé no "Uns aos outros"; no coletivo! Espero q vc encontre um equilíbrio e possa exercer sua fé coletivamente!! Abços